Logo ZooLive

Horário de funcionamento: Seg a Sexta das 9h às 18h / Sábado das 9h às 15h

Agende agora! Resultado de Exames

Whatsapp:

(13) 99695-9100

Respiração das aves: saiba como funciona

O sistema respiratório das aves é um dos mais peculiares dentre os vertebrados. 

Se você gosta de observar os pássaros, já deve ter reparado que eles podem cantar por bastante tempo sem precisar de uma pausa. Mas você já se perguntou como eles conseguem fazer isso? A resposta está na respiração das aves! 

O sistema respiratório das aves é um dos mais peculiares dentre os vertebrados. Ele contribui para que esses animais realizem atividades bem características, como cantar e voar.  

Saber mais sobre a respiração das aves é entender por que esses animais são tão especiais e peculiares. Por isso, preparamos este texto para você, que quer se aprofundar nesse assunto e descobrir novas curiosidades sobre os pássaros.  

 

Sacos aéreos: estruturas fundamentais para as aves 

Quando falamos na respiração dos mamíferos, os pulmões são os primeiros órgãos a ser lembrados. Mas e como as aves respiram? Elas também contam com essas estruturas?  

Sim, os pássaros também têm pulmões. No entanto, diferentemente do que ocorre no nosso organismo, os pulmões das aves não mudam de volume com a inspiração e a expiração. O que muda são os chamados “sacos aéreos”. 

Esses mecanismos de respiração das aves estão ligados aos pulmões, que se estendem até as cavidades dos ossos pneumáticos e permitem a passagem de ar. Além disso, eles são responsáveis por ventilar o ar para os pulmões e servem para diminuir a densidade corporal das aves. 

Sendo assim, esses órgãos são responsáveis pelo voo dos animais, uma vez que são eles que deixam os bichinhos mais “leves”. O fluxo de ar das aves é unidirecional. Ou seja, o ar circulando dentro delas é mais fresco e rico em oxigênio, o que permite que voem nas alturas, onde o ar é mais rarefeito. 

Além disso, os sacos aéreos absorvem e expelem o calor do corpo das aves, contribuindo para que a temperatura delas se mantenha constante. Assim, mesmo quando o metabolismo delas está acelerado, seja por conta do voo ou de alguma outra atividade, sua temperatura está controlada.  

 

Cantar e respirar ao mesmo tempo: como as aves conseguem? 

Os pássaros conseguem cantar enquanto respiram graças a uma estrutura chamada siringe. Integrando o sistema respiratório das aves, esse mecanismo vibra com a passagem do ar, produzindo o som.  

Isso pode acontecer tanto na expiração quanto na inspiração. E outra curiosidade importante é que acredita-se que o som emitido seja diferente em cada uma das ocasiões. Ele é alternando entre graves ou agudos, longos ou curtos, conforme a entrada e a saída de ar no processo de respiração das aves. 

 

O sistema respiratório das aves é muito sensível! 

Por um lado, a respiração das aves é fascinante. Afinal, ela é responsável por alterar a densidade corporal desses animais, por aumentar a concentração de oxigênio e por possibilitar o canto contínuo.  

Muitas dessas vantagens são proporcionadas graças à presença dos sacos aéreos no organismo dos pássaros. Porém, a presença desse mesmo órgão faz com que os pássaros tenham um sistema respiratório mais frágil. Um dos motivos para isso é que eles podem inflamar com facilidade. Além da inflamação dos sacos aéreos, também podem ocorrer casos de sinusite, pneumonia e outros. 

Fique atento a qualquer sinal de secreção nasal, tosse e sons anormais. Além de sintomas comportamentais, como diminuição do canto ou do apetite. Se isso ocorrer, leve o pet imediatamente ao veterinário, pois a forma de respiração das aves influencia muitas atividades do dia a dia.  

Agora que você já sabe como funciona a respiração das aves, temos certeza de que vai passar a admirar os bichinhos ainda mais.  

Be the first to comment on "Respiração das aves: saiba como funciona"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*